China domina a emergente área da Inteligência Artificial

inteligência artificial

Para os que ainda não estão familiarizados com a Inteligência Artificial. Esta área da ciência da computação busca através de algoritmos, desenvolver dispositivos que simulem a capacidade do ser humano de pensar e resolver problemas. Impressionante, não?

Os economistas chamam isso de a quarta revolução industrial, marcada pela convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas.

Hoje, algumas das empresas de tecnologia com mais destaque nesta área estão no país asiático (China). O investimento em pesquisa e desenvolvimento para Inteligência Artificial dos chineses é pesado. Para termos uma ideia, a Baidu, Alibaba e Tencent – gigantes empresas chinesas anunciaram compromissos a inovação.

Duas das tecnologias fundamentais – reconhecimento de imagem e voz – que sustentam cada vez mais plataformas como aplicativos de compartilhamento de viagens, sistemas de segurança e agora análise de vírus com a pandemia mundial, estão sendo desenvolvidas com muito empenho pelos chineses.

Esse ramo de pesquisa é muito conflitante, pois existem os que apóiam as pesquisas e a idéia da máquina ter vida própria, como também existe o lado dos que não apóiam a idéia.

De qualquer forma, dados da consultoria McKinsey estimam que a tecnologia de inteligência artificial originada na China possa adicionar mais de um ponto percentual no PIB chinês. Incrível, não?
BLOG
Leia mais sobre as novidades do Mercado.