Por que o Android Wear não decola?

O total de volumes smartwatches teve um decréscimo de 51,6% em unidades vendidas se comparado o terceiro trimestre de 2016 com o mesmo período de 2015.

O único que ainda prospera é o Apple Watch. Mas ainda assim, os smartwatches não responderam às expectativas.

Top 5 em vendas de smartwatches no mundo

Apple 41.3%
Garmin 20.5%
Samsung 14.4%
Lenovo 3.4%
Pebble 3.2%
Outras 17.2%

Fonte: IDC Worldwide Quarterly Device Tracker Wearable, 24 de outubro de 2016

As maiores empresas que apoiaram o Android Wear e desafiaram a Apple, hoje, estão desencorajadas. A única que continua investindo é a LG, com os lançamentos do Watch Sport e Watch Style.

Embora a maioria destas grandes empresas de tecnologia tenham “abandonado” a plataforma, o Google encontrou uma nova oportunidade para os smartwatches desde o ano passado, as marcas de moda e lifestyle.

Marcas como a Fossil, Michael Kors, Tommy Hilfiger, Hugo Boss, Armani e Diesel lançaram vários estilos com personalidade e design.

Com o apoio desta empresas, o Google entendeu o porque as pessoas usam relógios. Não interessa se tem processador ou não, o relógio é utilizado como um acessório elegante.

Esta nova abordagem diferencia então o Android Wear do Apple Watch. No relógio inteligente da Apple você fica preso aquela tela quadrada.

Para ser bem sucedido em produtos portáteis a longo prazo, é realmente importante que as pessoas possam escolher produtos que se encaixem no seu estilo e na imagem que desejam passar, além de se beneficiar dos recursos tecnológicos.

Pensando em desenvolver um produto vestível? Entre em contato com a empresa de aplicativos.
BLOG
Leia mais sobre as novidades do Mercado.