Gamificação nos negócios: engajar clientes e motivar colaboradores

A maioria das estratégias de marketing se baseia em criar uma necessidade e depois preenchê-la. Mas e se as empresas adotassem uma abordagem diferente? E se, em vez de tentarem descobrir o que os consumidores querem, as empresas ouvissem o que eles realmente querem? Estamos falando de

Gamificação nos negócios

.

A gamificação é um conceito que envolve a incorporação de táticas de jogo nas atividades cotidianas para torná-las mais envolventes e agradáveis. É baseado na idéia de usar recompensas, competição e realizações para manter as pessoas motivadas e encorajá-las a trabalhar mais duro ou permanecer mais concentradas em uma tarefa.

Jogos no Facebook, desafios do Fitbit, e até mesmo aplicativos de produtividade, todos usam a gamificação até certo ponto. Mas apesar de seu potencial, muitas empresas ainda hesitam em adotar a gamificação como uma estratégia de marketing. Por quê?

Vamos explorar essa questão abaixo junto com algumas dicas sobre como as empresas podem alavancar com sucesso a gamificação.

Envolvimento do usuário

Um dos pontos mais importantes quando falamos em gamificar algo, é aumentar o envolvimento do usuário/cliente com o seu produto ou serviço.

Ao incorporar elementos de jogos na experiência do cliente e incentivar a lealdade, as empresas podem criar um ambiente mais envolvente e agradável para seus clientes.

A marca Fitbit é um exemplo de como aplicar a gamificação. No seu aplicativo, os usuários podem competir com outros usuários e serem recompensados por metas atingidas. Isto inspira uma competição amigável que motiva todos os envolvidos – afinal, as pesquisas nos mostram que rivalidades saudáveis são muitas vezes a melhor maneira de alcançar os objetivos.

Então, o que impediria um usuário de participar desta jornada de hábitos mais saudáveis?

Visibilidade de marca

A gamificação é uma ótima maneira de criar “buzz” em torno do seu produto ou serviço, e o recurso de compartilhamento social do Fitbit mostra o quão poderoso ele pode ser.

As pessoas adoram mostrar suas realizações – elas compartilharão as estatísticas de treino com amigos nas redes sociais se tiverem a chance. É exatamente isto que chamo de buzz social.

gamificação cliente

Falando em adaptações, a promoção do McDonald’s chamada “Monopólio” foi extremamente popular por décadas até que alegações levaram à sua descontinuação nos EUA, mas as pessoas ainda hoje se lembram com carinho.

A ideia era que os clientes do Mc Donald’s coletassem “propriedades” nas compras nas lojas. Dando a oportunidade de ganhar prêmios.

Motivar equipes internas

As empresas têm tido sucesso usando-o como forma de incentivar a equipe interna; por exemplo, criando sistemas de pontos ou quadros de líderes que dão recompensas aos colaboradores quando eles atingem determinados objetivos ou benchmarks.

gamificação empresas

Exemplos de empresas que adotaram a gamificação incluem McDonalds, Disney, Banco Santander, Foursquare, Pepsi, e muitos outros. Cada uma tem usado exclusivamente elementos de jogo, tais como tabelas de liderança, pontuações competitivas, recompensas e outros incentivos para motivar e engajar seus clientes ou colaboradores.

Tudo o que é preciso é contratar uma empresa de aplicativos para desenvolver um app com tarefas personalizadas para cada equipe. Seja criativo ao definir as tarefas, como completar pesquisas de feedback do cliente, alcançar metas de vendas ou buscar QRCodes em determinados ambientes – quando cada tarefa é verificada, eles ganham uma recompensa.

Por fim, a Gamificação nos negócios é uma ferramenta inovadora que pode ser usada em diversos cenários e criar experiências positivas para seus participantes. Lembre-se que as recompensas liberam uma onda de dopamina, o hormônio “feliz”, no cérebro.

Dicas para projetar uma estratégia de gamificação bem sucedida

Criar uma estratégia de gamificação bem sucedida não tem que ser difícil ou demorado. Ela começa com a busca do equilíbrio certo entre motivação e recompensas que tornam a realização de objetivos significativos para o usuário.

Considere oferecer recompensas baseadas no progresso feito em direção a realizações, pois estas recompensas servirão como pequenos reconhecimentos.

Para garantir que os usuários continuem engajados, é importante mudar o tipo de recompensas de tempos em tempos e considerar incluir selos sociais e outros incentivos também em seu aplicativo.

Certifique-se que as regras sejam claras e que as recompensas possam ser alcançadas irá contribuir muito para manter o compromisso com seus usuários.

Ao entender o que é a gamificação e como ela funciona, você certamente enxergará como ela pode ser usada em seu próprio negócio para melhorar a produtividade da equipe ou a satisfação do cliente.

Se você estiver interessado em incorporar a gamificação nos negócios, mas não souber por onde começar, podemos ajudar. A equipe de especialistas da Publi pode trabalhar com você para projetar uma estratégia que atenda às suas metas e necessidades específicas.